Ajuda Windows Desktop

Por que o meu computador está perguntando se quero fazer o download de algo do Skype?

Pode ser uma boa ideia fazer o download de conteúdo para rodar com o Skype, como drivers de dispositivo para uma webcam. Quando estiver fazendo isso, você poderá ver uma janela pop-up avisando que o dispositivo, programa ou serviço de terceiros está pedindo permissão para rodar no seu computador. Você terá de confirmar que deseja que esse software rode no seu computador, o que normalmente é feito com um clique em uma janela exibida na tela.

 

Um dispositivo, programa ou serviço de terceiros contém pelo menos um arquivo ou aplicativo que não faz parte do software do Skype e tampouco é endossado pela Skype, mas que usa o Skype a fim de rodar certos recursos.

Você deve estar ciente também de que programas externos podem ser usados para a transmissão de vírus, spyware e outros programas indesejáveis para o seu computador; portanto, antes de abrir qualquer software de terceiros, você deve verificar se procede de uma fonte de confiança. Mesmo se o dispositivo ou software de terceiros encaminhar ou exibir algum texto ou som que se origine do Skype, lembre-se de que esse texto ou som podem não ser criptografados depois que não fizerem mais parte do aplicativo Skype.

Só permita que um programa de terceiros tenha acesso ao Skype se souber por que ele está pedindo para se conectar ao Skype ou se souber que se trata de um programa confiável.

Para saber mais sobre como manter a segurança on-line, visite a nossa Central de Segurança.

O artigo foi útil?

Sim Não

Informe-nos o motivo pelo não foi possível ajudá-lo nesta ocasião

Importante : Não insira nenhuma informação pessoal (como seu Nome Skype, endereço de e-mail, conta da Microsoft, senha, nome real ou número de telefone) no campo acima.

Pergunte à comunidade

Veja o que as pessoas estão dizendo sobre "Segurança e contas bloqueadas" na Comunidade Skype.

Participe da conversa

Ainda precisa de ajuda? Nossa equipe de suporte está pronta para ajudar. Faça uma pergunta agora